DSRT Banner

Conclusão do Plano de Formação das Tecnologias de Aplicações Móveis 2016 (Portuguese Version)

Nota de Imprensa

Organizado pela Direcção dos Serviços de Regulação de Telecomunicações (DSRT) em colaboração com o Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau, a Companhia de Telecomunicações de Macau, S.A.R.L., a Hutchison – Telefone (Macau), Limitada, a China Telecom (Macau) Limitada e a Smartone – Comunicações Móveis, S.A., o Plano de Formação das Tecnologias de Aplicações Móveis 2016 decorreu entre 3 de Setembro e 17 de Dezembro do corrente ano, contando com a participação de 25 formandos neste plano de formação.

Tendo em conta que as aplicações móveis se tornaram uma parte da vida quotidiana dos cidadãos e a necessidade das diversas aplicações é forte, o pessoal que as explora obtém muitas oportunidades, enfrentando, em simultâneo diferentes desafios. A entidade organizadora espera que, através desse plano, os formandos possam conhecer a tendência do desenvolvimento do mercado das aplicações móveis e aprender como aproveitar a técnica de código aberto (Open Source) e o serviço de computação em nuvem para explorar aplicações móveis em múltiplas plataformas e aplicações móveis nativas, conseguindo aplicar, após conclusão da formação, os conhecimentos adquiridos nas aulas para produzir diversas aplicações móveis criativas e práticas, de modo a melhorar a sua capacidade profissional.

Na sequência do fim do plano de formação, a entidade organizadora, DSRT, realizou uma cerimónia de encerramento com a presença dos representantes das entidades co-organizadoras, dos formadores e dos formandos, tendo atribuído os certificados aos formandos. O Chefe da Divisão de Desenvolvimento das Tecnologias da Informação da DSRT, substituto, Lei Kuong Leong, agradeceu, no seu discurso, às entidades co-organizadoras pelo apoio dado ao plano de formação, tendo feito votos para que os formandos apliquem os conhecimentos adquiridos no plano de formação, no sentido de contribuir para o sector das tecnologias da informação e comunicação de Macau. O Governo da Região Administrativa Especial de Macau continuará a realizar actividades e planos de formação referentes às tecnologias em causa, com o intuito de se empenhar em formar talentos locais na área de tecnologias, incentivando o desenvolvimento estável do respectivo sector.