Conclusão do Plano de Formação das Tecnologias de Aplicações Móveis 2016

Nota de Imprensa

Organizado pela Direcção dos Serviços de Regulação de Telecomunicações (DSRT) em colaboração com o Centro de Produtividade e Transferência de Tecnologia de Macau, a Companhia de Telecomunicações de Macau, S.A.R.L., a Hutchison – Telefone (Macau), Limitada, a China Telecom (Macau) Limitada e a Smartone – Comunicações Móveis, S.A., o Plano de Formação das Tecnologias de Aplicações Móveis 2016 decorreu entre 3 de Setembro e 17 de Dezembro do corrente ano, contando com a participação de 25 formandos neste plano de formação.

Tendo em conta que as aplicações móveis se tornaram uma parte da vida quotidiana dos cidadãos e a necessidade das diversas aplicações é forte, o pessoal que as explora obtém muitas oportunidades, enfrentando, em simultâneo diferentes desafios. A entidade organizadora espera que, através desse plano, os formandos possam conhecer a tendência do desenvolvimento do mercado das aplicações móveis e aprender como aproveitar a técnica de código aberto (Open Source) e o serviço de computação em nuvem para explorar aplicações móveis em múltiplas plataformas e aplicações móveis nativas, conseguindo aplicar, após conclusão da formação, os conhecimentos adquiridos nas aulas para produzir diversas aplicações móveis criativas e práticas, de modo a melhorar a sua capacidade profissional.

Na sequência do fim do plano de formação, a entidade organizadora, DSRT, realizou uma cerimónia de encerramento com a presença dos representantes das entidades co-organizadoras, dos formadores e dos formandos, tendo atribuído os certificados aos formandos. O Chefe da Divisão de Desenvolvimento das Tecnologias da Informação da DSRT, substituto, Lei Kuong Leong, agradeceu, no seu discurso, às entidades co-organizadoras pelo apoio dado ao plano de formação, tendo feito votos para que os formandos apliquem os conhecimentos adquiridos no plano de formação, no sentido de contribuir para o sector das tecnologias da informação e comunicação de Macau. O Governo da Região Administrativa Especial de Macau continuará a realizar actividades e planos de formação referentes às tecnologias em causa, com o intuito de se empenhar em formar talentos locais na área de tecnologias, incentivando o desenvolvimento estável do respectivo sector.